Hall da Fama - ABQM

18 de Maro de 2013 - Mais uma noite que ir se tornar inesquecvel para a raa Quarto de Milha!

Hall da Fama

Homenageados

Antonio Renato Prata

Pratinha: criador, competidor, dirigente, pai e avô de campeãs

Com raízes na pecuária mineira, Antonio Renato Prata, o Pratinha, como é conhecido, formou-se pela Escola Nacional de Agronomia, próxima ao Rio de Janeiro. Em 1960 casou-se com Carmelita Coimbra e mudou-se para Presidente Prudente (SP), para trabalhar com seu sogro Rui Vilela Coimbra. O envolvimento de Pratinha com raça QM teve início em 1971, quando adquiriu Hebraico SKR, no Leilão da SKR. Depois importou o cavalo Pawnee Dale, que foi campeão brasileiro de Laço de Bezerro em 1982. E em seguida se dedicou totalmente à linhagem de Apartação, cruzando éguas puras de seu plantel com os garanhões Sanjay e Doc’s Gamay. Em 1980 trouxe dos EUA, em condomínio, o reprodutor Winnin Doc. Segundo Pratinha, seu criatório produziu quatro campeãs Potro do Futuro: Candy Diamond 2I, Verdadeira 2I, Doc´s Again 2I e Sonora Song 2I. O último campeonato conquistado pela família foi em 2009 com a sua neta Donata Prata Volpon, de 9 anos, disputando com Feiticeira 2I. Em relação à essa égua, ele informou que o plantel já havia conquistado vários prêmios, com filha Renata e a neta Isadora, além do treinador Gerson Almeida Santos. Ocupou vários cargos administrativos na raça: Foi vice-presidente da ABQM e participou do Conselho Deliberativo, além de ser presidente da ANCA e fundador e presidente do Rancho QM de Presidente Prudente (SP). Foi também o primeiro presidente de Os Independentes e fundador da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. “Continuo investindo e acreditando que esta é a raça mais versátil do mundo, que dá muita alegria e satisfação para os que nela acreditam e investem”, concluiu Pratinha.

Homenageados

Criadores

hall-da-fama-antonio-prata hall-da-fama-fauzet-farha hall-da-fama-jayme-rodrigues hall-da-fama-prof-borba

Cavalos

 

Homenageados

Sanjay

Seu nome é Apartação

O craque Sanjay, nascido em abril de 1980, foi trazido ao Brasil em outubro do ano seguinte por Renato Eugênio de Rezende Barbosa, o “Tô”, titular da Fazenda Berrante, em Assis (SP).

Para contar um pouco sobre esta lenda Quarto de Milha da Apartação, entrevistamos Henrique Barbosa, irmão de Renato, que fez parte da histórica e tradicional Berrante. “A Fazenda vinha com uma base sólida em seu rebanho, lastreado em animais com origem nas raízes da King Ranch, tais como: Old Sorrel, Silver, Wimpy, King, Hired Hands Cardinal e Bill Cody, adquiriu nos anos 70, Shady Apolo Bars (Ranch Bars) e, na dois filhos de Poco Tivio: Docs Gamay (74) e Docs Roustabout (75) - precocemente falecido.

Focado no projeto de introdução e melhoramento da sua criação pioneira do cavalo Quarto de Milha, ‘Tô’ foi aows EUA em visita ao rancho dos amigos Carol e Matlock Rose. E entre diversos potros nascidos, interessou-se por um deles, curiosamente, o único Freckles Playboy do lote: Sanjay. Um Sugar Bars na linha ascendente e tinha na sua linha baixa o melhor e mais moderno na Apartação da época: o sangue de Peppy San, por parte de sua mãe, Miss Pepsan - uma irmã de sangue de Peponita.

A história deste sucesso teve início no Brasil, aos 22 meses, quando teve seu primeiro contato com Jayme de Jesus Rodrigues. Acompanhe o depoimento deste lendário treinador: “Ele me impressionou com a sua docilidade e inteligência. Foi um atleta completo: disciplinado, conciso, forte, valente, ágil nos movimentos, um espelho perfeito de cada movimento do boi. Nas provas, indiscutível. Com chuva ou sem chuva Sanjay trabalhava sem medo de errar. Nos recintos de exposições, o público aplaudia as apresentações. Um atleta de raciocínio rápido, habilidade indiscutível, de um “friendship” insubstituível, não poderia deixar de ser o único garanhão, até hoje, tríplice coroado pela ABQM”.

Sanjay acumulou em seu cartel os títulos de campeão Potro do Futuro ABQM, em 1983, e tricampeão Nacional de Apartação (84/85/86), sendo RMT e Cavalo Superior em Trabalho, com 86 pontos. Além de sua performance como atleta, tornou-se o maior produtor de campeões de Apartação do Brasil, com 68 animais em campanha, acumulou 685,5 pontos no RMT.

Entre os inúmeros filhos premiados pela ABQM e ANCA, destacamos os craques: Handle Doc; Koko Bars; Play Boy Free; Anjin San; San Fox Jay, Xinoca; Pantera Playgirl, San Spook GR; Doc San; Jay Streak; Sang Gay Jay; San Pozanji; Caiaque Jay RT; e Doc’s Jay Koko.

Para tristeza de todos da Fazenda Berrante e também para o criatório nacional, Sanjay faleceu prematuramente, provocado por enfisema pulmonar, em novembro de 1993, deixando um legado genético dos mais respeitados no criatório da raça Quarto de Milha.

 

Homenageados

Keys to the moon

Um versátil líder

Keys To The Moon, nascido em 1986, foi importado por Antonio José Rossi Junqueira Vilella, titular da Fazenda Itahipá, em 1990, comprovou suas qualidades genéticas na reprodução, pois é filho de duas lendas da Apartação mundial: Doc O’Lena, campeão Futurity em 1970 e produtor de três campeões Futurity: Lenaette, Smart Little Lena e Bar O’Lena; e Bar Socks Babe, Hall Of Fame pela AQHA, sendo retratada como “A Dama da Apartação”.

Carregando todo este patrimônio genético, Keys To The Moon foi adquirido em 1995 pelos paranaenses Jayme e Sandra Navarro, titulares do Think A Mite Ranch. Sempre acasalando matrizes de alta qualidade, se destacou com muito sucesso na reprodução brasileira, tornando-se líder em várias temporadas pela ABQM.

Enaltecendo as qualidades do garanhão, Sandra Navarro disse: “Uma genética de peso como a do Keys se perpetua no tempo, se encaixa no moderno, esculpe a sua produção como arte, se comprova cada dia mais como um dos melhores pais, avô paterno e, especialmente, como avô materno”.

O Think A Mite Ranch se orgulha muito em apresentar os números apurados por Keys To The Moon, onde acumula em seu cartel 1.492 pontos entre 121 animais em campanha nas seguintes modalidades: Apartação; Laço de Cabeça; Laço Comprido; Laço de Bezerro; Laço Bezerro Técnico; Laço em Dupla; Laço de Pé; Ranch Sorting; Rédeas; Seis Balizas; Três Tambores; Team Penning; Working Cow Horse; e Vaquejada.

“Ele ocupou o 13º lugar no Ranking Geral de Trabalho pela ABQM e a 7ª colocação entre os garanhões em atividade reprodutiva de todos os tempos, segundo publicação da Revista Quarto de Milha (Ed. Garanhões 2012)”.

Para completar todos estes dados, Sandra lembra que Keys To The Moon é ganhador de sete ABQM Awards, como Reprodutor. “Em 2007 foi o melhor do Laço de Pé e Laço em Dupla; em 2008, do Laço de Pé e de Bezerro; em 2010, o de Laço Comprido e do Laço em Dupla; e em 2012 ficou com o título de Melhor Reprodutor do Laço de Pé”.

Ela informa ainda, que a pontuação de seus netos já sobrepõe de longe a sua própria, pois como avô paterno é 1.605,5 pontos e materno, 1.044,5.

Finalizando, Sandra disse com muito orgulho: “Ele veio para fazer a diferença, é o amigo que conquistei e faz parte do meu tesouro que preservo e cuido como verdadeiro ente querido. Ele faz parte da minha história, que com muita humildade continuaremos a escrever juntos sobre esta joia viva”.

   

Homenageados

Holland Ease

Produtor do melhor garanhão do mundo

Com a morte do campeão mundial Super Sound Charge, garanhão chefe do Haras Fazenda Bela, em 1992, tornava-se necessário encontrar um substituto à altura. Foi então que Wellington Germano de Queiroz solicitou ao seu amigo e agente nos Estados Unidos, Bill Verdugo que encontrasse um garanhão para substituí-lo. Então, Verdugo recomendou para que comprasse Holland Ease. Esse filho de First Down Dash e Easy Henryetta (Easy Jet), possui uma campanha clássica de sucesso, com seis vitórias, sete segundos e oito terceiros lugares, acumulando US$ 361,227 em prêmios. Foi vencedor do Golden State Derby e segundo em outras provas, também de Grupo 1, como: Kindergarten Futurity, El Primeiro del Ano Derby, Governor’s Cup Derby RG; obtendo o título de Melhor Cavalo por Somas Ganhas no ano de 1992, na Califórnia (EUA).

Ele é detentor de uma campanha invejável na reprodução nos EUA. Já em sua 1ª geração, foi Líder como Pai de Ganhadores Clássicos de 2 anos e Líder Pai Estreante de Ganhadores por Somas Ganhas. Até agora, com 17 gerações em pista, produziu 626 animais corredores, sendo 378 ganhadores, entre eles 43 clássicos. É pai entre outros dos craques: Corona Cartel (Líder de Ganhos em todos os tempos – “A Lenda Viva”): Haulin Pass (World Championn e Melhor Potra de 2 Anos); e os Recordistas Mundiais: Honor Ease e Planet Holland. Seus filhos acumularam 991 vitórias e ganhos superiores a US$ 12,1 milhões. Já como avô materno, produziu ganhadores de mais de US$ 6,7 milhões.

Com 24 anos e em plena atividade reprodutiva, é um dos grandes destaques do Brasil, sendo Líder de Estatísticas de Reprodutores por quatro gerações (1997, 1998, 1999 e 2000). É pai e avô materno de inúmeros ganhadores clássicos e colocações clássicas, entre eles: Beduínos Baby Filly, Callme Ease, Money Spinner, Holly Dance, Ease Highho WA, Ticket to Paradise, Ease Ket, Calling Fortune, Easy Melodies, Rollin Ease, Holland Machine, Diabolique, For a Million, La Poderosa, Personal Charge, Space Ease, Ket Ease, Dawnny Henryeta, Down Merridoc, Wind Ease Colt, Mr Holland Gray, Hulla Holland Winner, Best Empress, Prime Henryetta, Henryetta Star, On a Highly, Dash Glory Ease, Holland Best, Highho WA, Holland Wars, Youth Holland, Holland Machine, Holland Top, Cover It Ease, Holland Shake EM.

Nas provas de Trabalho, Holland Ease é destaque também por meio de seus filhos que totalizam 1.134,5 pontos na ABQM.

“Sua extraordinária genética tem contribuído significativamente com a divulgação da raça Quarto de Milha e também do Haras Fazenda Bela”, enaltece seu proprietário, Wellington Queiroz. Para ele, a atuação de seus filhos nas modalidades: Corrida, Baliza, Tambor e Vaquejada, não só no Brasil, mas em diversos países, reforça o conceito do cavalo Quarto de Milha ser “O Mais Versátil do Mundo”.

 

Homenageados

Eternaly Fred

A lenda da Vaquejada

Quando Sérgio Luiz Rodovalho Nouguès, titular do Haras Palmares, viajou aos EUA, em 1976, trouxe na bagagem 15 matrizes e três machos, entre eles Eternaly Fred com apenas seis meses de idade. Sua trajetória como garanhão foi invejável, onde muitos de seus filhos foram levados ao Nordeste e se consagraram, em boa parte, vencedores de Vaquejadas por toda essa região do País, tornando-se uma lenda desta modalidade para os nordestinos.

Em 1993, esse baio amarilho foi vendido por Sérgio Nouguès ao criador Antonio Carlos Baracat, que o manteve em sua propriedade por apenas nove meses. Já em 1994 passou a pertencer em definitivo ao criador sergipano Ricardo Reis Vieira até desaparecer em 23 de março de 2002, aos 26 anos. Esse filho de Eternal Steel e Fred’s Kitten (Fred M) transmitiu como reprodutor todo o seu potencial genético. Com 374 animais registrados, 28 fizeram campanha, acumulando 451 pontos no Registro de Mérito. Ele é pai de vários campeões de Rédeas, Western Pleasure, Baliza, Tambor e Laço Pé, mas seu sucesso foi ainda maior na Vaquejada, tornando-se uma verdadeira lenda para os nordestinos, tanto como pai e como avô.

Destacam-se entre seus filhos, os campeões: Eternaly Steel FB – vendido por 240 mil (Nacional ABQM/2004 – Ab.); Shady Steel SLN, o número 1 das Estatísticas da ABQM de produtor de Vaquejada; Eternal Sheila SLN, ganhadora de uma pick-up Hillux, 14 carros, 22 motos; Over Time, conhecido como “Pontaria” – ganhador de dez carros e oito motos; Atitude Eternaly, ganhador de 6 carros, 15 motos; Lucki Eternaly RRV - "Lucki Bala", ganhador de mais de R$ 100 mil em prêmios; Arrow Fred RRV, ganhador de mais de R$ 200 mil, RM e produtor de campeões de Vaquejada (Fishers Eternal JCG - "Fredinho", Fred Wagon HL - "Shampoo”, Apollo Eternal RRV, Eternaly Playboy RRV, Ebb Steel SLN, produtora de Beaver Eternaly MV, pai de Shine Steel MV); Ebby Steel SLN, produtora dos campeões Jamel Steel JR (Nacional ABQM/03, Jammel Apolo JR, RM e do produtor de campeão Eternaly Bill); Miss Eternal Bar HTR, mãe do produtor Eternaly Rojo JR e Shalon Rojo JR - RM Superior Vaquejada; Eternal Power SLN, pai de campeões como: Esfinge Power MV, Palomino Power MV, Playboy Power MV, Soft Power MV, etc...; Xuxa Eternal SLN, produtora de Primadona Eternal MV, ganhadora de mais de R$ 200 mil; Eternal Shady SLN, pai de Status Eternaly MB e Shady Natty MB; Eternally Handdome, produtor de campeões, entre eles: Eternal Two HRV; Eternally Cigano, ganhador de mais de R$ 100 mil; Eternal Fire SLN, produtor da campeã PF Vaquejada/11 Eternal Angel.

   

Página 1 de 8