ABQM - Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha

Lady Keyth foi o nome do GP Brazilian Futurity

Brazilian_-_550

Lady Keyth percorreu os 365 metros em 19s69

O Jockey Club de Sorocaba foi palco de grandes emoções nos dias 6 e 7 de abril com a realização de três Grandes Prêmios, reunindo exemplares de destacada genética, além de distribuir R$ 555 mil em premiação.

O 7º páreo da tarde de domingo, 7, correspondente ao GP Brazilian Futurity, apresentou um pelotão formado por quatro potros de dois anos de idade, disputando a bolsa de R$ 355 mil.

Precisamente às 16 horas, o juiz de prova autorizou a largada e Lady Keyth - única fêmea do páreo -, disparou na frente, não dando a mínima chance para seus rivais. Treinada por M. Sampaio, foi pilotada por M. B Sampaio e percorreu os 365 metros em 19s69. Essa filha de First Thoughts e Tell En Darlim (Azoom) é de propriedade João José de Barros e Maninho Barros, da cidade de Várzea Grande (MT), e da criação de Marco Antonio Ourique Firmino.

Os proprietários conquistaram pela primeira vez este almejado título e levaram o expressivo prêmio de R$ 165 mil, mais R$ 15 mil pelo melhor tempo obtido nas classificatórias. O treinador M. Sampaio ganhou como premiação um carro zero Km.

Com diferença de vários corpos, cruzou o disco em segundo The Miracle (Deam Miracle x Shes Signed, por Signed To Fly), em 20s37, cavalo de propriedade do Stud Viva Bahia e criação de Érico de Oliveira Braga.

Chegaram, respectivamente, na terceira e quarta posições: Gana In Stone (SC Schiseled In Stone x Gana Apollo MRL, por Apollo VM), com o tempo de 20s45, animal da criação e propriedade do Haras Sudimar; e Uomo Verde (Check Him Out x Best Empress, por Holland Ease), em 21s26, do Haras JC e criação do Haras Vista Verde.

Sprint_-_550

Vitória de Jake Gold no Super Sprint, proporcionou título inédito para Clodoaldo Miranda (MS)

No Super Sprint deu Jake Gold

A final do Super Sprint, disputado por quatro potros de 2 anos, na distância de 275 metros e bolsa de R$ 200 mil foi vencido por Jake Gold, filho de Gold Medal Jess e Charlotte Bryan (Blazen Bryan), sob o comando de M. Praxedes, com tempo de 15s45. Treinada por M. Arteman, esse tordilho da criação de Gianni Franco Samaja é de propriedade do sul-mato-grossense Clodoaldo Miranda, que levou para seu estado, além do título inédito, a premiação de R$ 118 mil.

Na segunda colocação, ficou o castanho Nitrogenus (Hail Corona x Gotcha Dash por Ima Dash Too), marcando 15s55, pertencente a Francisco Assis dos Santos e da criação de Marcelo Jorge. Fazendo a marca de 15s63, o 3º lugar foi ocupado por Jota Gold (Gold Medal Jess x Zina Fidash SA por Fishers Dash), pertencente a João José de Barros e Maninho Barros e criação de Gianni Franco Samaja.

E na 4ª colocação ficou com Sheza To Fly WA (Mogambo Fly VM x Sheza Biscuit WA por First Dow Jet WA), com 15s88.

1_-_Derby_-_550

Made Of Granite fez a marca de 18s74 nos 301 metros

Classificatórias do I Derby

No sábado, dia 6, ocorreram as classificatórias do GP Presidente do Centro Hípico Oeste –Dr. Wellington Germano de Queiroz – I Derby, na distância dos 301 metros com a participação de 12 animais. Os vencedores foram: Made Of Granite (Granite Lake x Mama Signed por Signed To Fly), zaina, com 16s74, da criação e propriedade de Érico de Oliveira Braga; Best Mate (Takin On Spoon Mon x Smashing Wendy, por Easily Smashed), em 16s81, de propriedade e criação de Luiz Eduardo Arena Alvarez; e Creme De La Creme (Três Seis x Corona Music, por Corona Cartel), cravando 16s91, pertencente a Gianni Franco Samaja e criação de Érico de Oliveira Braga.

2_-_Derby_-_550

Best Mate fez o melhor tempo da classificatória: 16s81

3_-_Derby_-_550_-3

Creme De La Creme marcou 16s91

Fotos: Jaqueline Silva/Eduardo Custódio

Banner
Banner
Banner
Banner

Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha | Todos os direitos reservados | Anuncie no Portal ABQM | Desenvolvido por Ailes Multiagência